" Resenha de Confissões de um Turista Profissional de Kiko Nogueira (Editora Novo Conceito)

por: Vitrine de Promoções

Aqui estou  curtindo umas férias e claro aproveitando para contar um pouquinho deste livro do jornalista Kiko Nogueira da Editora Novo Conceito.  Olha que ele fala umas verdades que muitas eu já  até  sabia, mas quem sou eu para julgar este homem com tantas milhas de viagens que tem em seu currículo. Temos mais é que aprender muito com esse turista profissional.



CONFISSÕES DE UM TURISTA
PROFISSIONAL 
Tudo o que você queria saber sobre viagens 
Autor(es): Kiko Nogueira | NÃO-FICÇÃO | VIAGENS
ISBN: 9788563219435 Ano: 2011 Edição: 1 Número de páginas: 94 


“Quem gosta de viajar, e viaja mesmo (isto é, não faz turismo pra inglês ver), sente uma vontade danada de falar a verdade sobre os lugares que visitou. Coisas como: vale a pena todo aquele trabalho no Louvre para não ver a Monalisa? Existe algum lugar mais insalubre do que uma barraca de praia no Nordeste? Ou ainda: por que o Brasil precisa de mais uma obra de Oscar Niemeyer, o veterano arquiteto que deixa um rastro de concreto aonde quer que vá? Mas falar essas coisas é, no mínimo, tornar-se um chato. Pois Jota Pinto Fernandes, alter ego de Kiko Nogueira, é o chato que vive em cada viajante. Corajoso e desbocado o suficiente para dizer o que as agências e seu amigo que acabou de chegar de Nova York nunca falarão. Escrito pelo ex-diretor da revista Viagem e Turismo e do Guia Quatro Rodas, da Editora Abril, Confissões de um Turista Profissional é uma leitura para quem quer olhar as lindas fotinhos no celular, na volta daquele pacote inesquecível, e pensar: “E não é que era isso mesmo...?” 



Adoro viajar e agora mesmo acabei de chegar de Bogotá e cheguei à conclusão que tenho muito que aprender para me tornar uma turista profissional. Será que chego lá minha gente? Se todos os meus sonhos de viagem realizarem já estou mais do que orientada com a experiência e dicas que estão neste livro. Tem acontecimentos hilários como também alguns que temos mais é que levar a serio e ficar atento.

As confissões falam desde o investimento que é feito pelos Países / Cidades em relação ao turismo, da imagem como é visto pelos outros, de todo tipo de viajante - do mochileiro, da classe econômica e até uma pitada na primeira classe em grande estilo.

É tão interessante que li em menos de um dia e recomendo que aproveitem para viajar nessa leitura. Vou ressaltar alguns trechos que gostei e  entre eles quem sabe se posso ter passado por algo parecido ...


"... hoje qualquer mané acha que é fotógrafo. Não só fotógrafo. Qualquer mané com um Iphone se considera um Helmut Newton, um Cartier-Bresson, uma Annie Leibovitz."

"Cartagena é uma linda cidade colombiana. ... é também um porto estratégico mo país, é possuidora daquele elemento clássico de grandes metrópoles sul americanas: é cercado de favelas."

"Tem gente que acredita que ser "viajante" é melhor que ser "turista". Os primeiros são, basicamente, descolados do mundo, cosmopolitas, bonitos, espertos. Não viajam de pacote, falam 37 línguas, odeiam o Mac Donald's e conehcem todos os lugarzinhos que ninguém conhece...  Os segundos são... pessoas fracas. ... Sempre com uma câmera na mão e nenhuma idéia na cabeça."

" Só tem uma coisa melhor que viajar; falar sobre a viagem. ... Penso nisso ao olhar as fotos dos leitores na seção Viajantes. Cada foto de família num cruzeiro, cada imagem de casal na Europa, cada um desses flagrantes traz, consigo, um livro de contos."

"Da próxima vez que você pensar em fazer economia, lembre-se daquela musiquinha: "Varig, Varig, Varig. Não é porque você paga "pouco" que tem que ser tratado como lixo. Não precisa ser primeira classe. Mas chega de falta de classe."






Como sempre a Editora Novo Conceito prima por bons livros e esse não fica de fora. Pequeno, mas com um conteúdo gigante. Para você que está de viagem marcada não deixe de ler.  Para comprar acesse aqui.





Beijinhos !!!

Irene Moreira

2 comentários:

  1. Quando chego a um determinado lugar e encontro dificuldades, falo claramente das dificuldades encontradas. Não fico só no belo. Valeu as tuas observações. Vou procurar o livro para tirar as minhas conclusões.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bom?
    Passando para agradecer seu comentário no meu blog, e dizer que fiz um post explicando a minha ausência do blog!

    Bom, mudando o assunto, eu me interessei por esse livro, ainda mais sendo escrito por um jornalista, faço jornalismo, então essas coisas me atraem!

    O blog está lindo!

    Beijos

    Ellen
    http://www.thebooksarecalling.com

    ResponderExcluir